Como tudo começou

Um gato que roubou o coração de uma profissional da área de Tecnologias de Informação.


Primeira ninhada: Radhja e Roahn
Primeira ninhada: Radhja e Roahn
Carla e a primeira ninhada Blumenkatzen
Carla e a primeira ninhada Blumenkatzen

Bem-vindo ao nosso blog. Descubra aqui mais sobre os encantos da raça Ragdoll, informações e dicas sobre a nossa família Blumenkatzen.


Quando tudo começou


Quando menina não podia ver um gato, dócil ou arrisco, sempre fazia amizade.”

Eu sempre gostei de gatos, e quando me mudei para Blumenau optei por ter um. Fiz muitas pesquisas e me identifiquei com o Ragdoll, pela descrição de sua extrema docilidade, companheirismo, tamanho e seus sempre encantadores olhos azuis! Naquela época um em especial me encantou, uma colorpoint lynx que vimos através de uma foto na revista Pulo do Gato (Edição 26, página 04). “Roahn”, meu primeiro Ragdoll que chegou no dia 21 de novembro de 2004. Ele mostrou-se desde cedo um gato muito especial, muito amável, companheiro, o dono da casa que recepciona e cuida de todos.



Surge o Gatil Blumenkatzen Ragdolls


Imagine, eu criar gatos? Não tenho tempo, trabalho e estudo muito...

Com o tempo senti a necessidade de dar um presente especial para o Roahn! Foi quando achei que além da companhia, dos brinquedos, arranhadores e tudo que ele tinha, ele precisava de um amigo, um companheiro. Assim veio o Castle, meu segundo Ragdoll. Então, em março de 2005 eu cogitei pela primeira vez a possibilidade de me tornar uma criadora de raça. Comecei a visitar exposições, manter contato com alguns criadores de raça aqui no Brasil e exterior e a pensar melhor sobre essa ideia. A decisão consciente de que gostaria de compartilhar essas mesmas alegrias com outras pessoas solidificou-se em agosto de 2005 quando foi criado o gatil Blumenkatzen. Foi assim que iniciei um pequeno gatil, onde o objetivo principal é manter as características originais da raça, o aprimoramento dela, prezando pela qualidade da vida, boa alimentação, saúde, higiene e sobretudo bem estar dos bebês em seus novos lares. Os nossos Ragdolls convivem conosco como membros da família, tem um acompanhamento veterinário especializado e dedicado.


Novos lares

Queremos que todos os nossos filhotes, que carinhosamente chamamos de Ragnetinhos, se destinem para companhia e alegria de suas novas famílias. Por isso selecionamos também com carinho, através de algumas perguntas e conversas todos que pretendem fazer parte da nossa família.

Para nós eles são muito mais do que apenas gatos, são membros da família, nossos filhos e queremos o melhor para eles sempre!



Texto: Adaptação do site (https://www.blumenkatzen.com/blumenkatzens)



5666.jpg

Olá, que bom ver você por aqui!

Esperamos que as publicações do nosso Blog possam lhe ajudar e conhecer e entender mais sobre o seu gato!

Fique por dentro de todos os posts

Obrigado por assinar!

  • Facebook
  • Instagram