Gatos e o verão

O calor chegou este ano com força total em nossa região.


MV. Monica Burza HOVETSC
Foto: Blumenkatzen Crystal (Fuffy)

Será que os gatos sofrem com o calor?


SIM, assim como nós. Nós conversamos com a Dra. Monica, médica veterinária especializada em felinos aqui de Blumenau. Ela compartilhou conosco alguns sinais que demonstram que o nosso gato pode estar sofrendo com o calor.

O Calor pode gerar alterações nos felinos visíveis, mas também podem ser sutis. Por isso é preciso estar sempre atento aos sinais que eles demonstram.


Mas quais os sinais que meu gato demonstra se está sofrendo com o calor?


Os felinos podem apresentar sinais sutis como começar a dormir em locais diferentes (como banheiros aonde temos piso frio), podem ficar mais incomodados com o nosso toque ou não quererem ficar mais no colo, podem ter redução na alimentação assim como podem demonstrar sinais mais graves, incluindo respirar rápido e de boca aberta (arfar – forma desesperada de redução do calor)


O que podemos fazer para reduzir incômodos e até danos graves pelo calor?


  • Para os gatos domiciliados podemos oferecer muitas fontes de hidratação como vários potes de água fresca espalhados pela casa.

  • Ter fontes de água de materiais como cerâmica que mantém naturalmente a água mais fresca, mas caso não tenha acesso a essas, podem ser as de plástico mesmo.

  • Colocar cubos de gelos em alguns dos potes de água da casa.

  • Fazer uso de ração úmida com maior frequência.

  • Fazer “sorvetes” de sachês (congelar os sachês com um pouco mais de água em forminhas de gelo) e deixar a disposição para os gatos.

  • Se possível deixar ventiladores (em locais seguros) para circulação de ar.

  • Pode – se ligar o ar condicionado em uma temperatura não muito fria.

  • Umidificadores de ambiente (sem cheiro) também são bem-vindos.

  • Para aqueles gatos, não tão sortudos e que vivem nas ruas, também podemos ajudar: Congelando potes de água durante a noite e na manhã seguinte colocar esses potes nos locais aonde os gatos circulam, de preferência protegidos do sol.


Outra dica importante: Sempre faça exames de check-up anuais em seu gato. Não espere até que ele esteja com algum sinal ou sintoma estranho. Medicina Preventiva é a melhor opção para nossos gatos e pode diminuir casos graves de doenças. Converse com seu veterinário de confiança e façam visitas periódicas.


Texto escrito por: Monica Burza, médica veterinária com certificação internacional Catfriendly.


Site:

HOVETSC - Hospital Veterinário Santa Catarina




5666.jpg

Olá, que bom ver você por aqui!

Esperamos que as publicações do nosso Blog possam lhe ajudar e conhecer e entender mais sobre o seu gato!

Fique por dentro de todos os posts

Obrigado por assinar!

  • Facebook
  • Instagram